Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

01
Jun 07

 

Muitos Parabéns!

 

Porque a convenção assim o impõe, primeiro vêm sempre os desejos, não menos sentidos, mas sempre mais banais: muita alegria, muita diversão, muito sucesso, muitas festas, muita saúde (ai, ai... e depois o meu emprego???)...
Que o facto de teres nascido no Dia da Crianca seja mais um motivo para manteres sempre esse teu lindo sorriso de menino. Nunca deixes de ser sincero, autêntico e pleno em tudo o que fazes e em tudo o que dás aos outros.

Nunca deixes de ser criança nas atitudes, nos gestos, nas pequenas loucuras... nunca deixes de dar três ou quatro voltas em cada rotunda que encontres ou de me tentar projectar de um lado ao outro no banco do carro (cuidado com as más interpretações). Nunca deixes de sorrir à vida, mesmo perante as adversidades, para que ela também te possa sorrir!
Obrigada por seres tao genuíno! Obrigada pela tua verdadeira amizade! Obrigada por, de uma ou outra forma, estares sempre presente. Obrigada pela compreensão, conforto e segurança que o teu olhar me transmite em cada momento. Obrigada por tudo o que és e pelo bem que me fazes.

 

Neste dia tão especial: Muitos Parabéns!

 

 

"A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz."

George Elliot

publicado por Vânia Caldeira às 10:51
tags:

04
Mai 07

 

MUITOS PARABÉNS FRANCISCO!

 

Finalmente 19 anos... e ficas um pouco menos "puto", um pouco mais experiente. Ou talvez não...

Neste dia especial, embora pudesse ser em qualquer outro, não podia deixar de te dar os parabéns e de escrever-te uma pequena dedicatória neste blog, já que te aturo dia após dia... Sabes que não resisto à minha "veia literária", uma daquelas que não estudamos em Anatomia.

Menino de caracóis, "puffzinho" de olhos azuis (ou serão verdes?), sempre distraído, sempre a precisar de alguém omnipresente (como eu!) que te recorde e informe de tudo.

És uma pessoa extraordinária, apesar de tudo isso ou talvez graças a tudo isso.

Tornas a minha vida mais alegre em cada dia, com cada ideia, cada teoria, cada gargalhada, ...

Mesmo quando repetes dez vezes a palavra "basicamente" durante uma apresentação de anatomia. Mesmo depois do que te aturei nas Olimpíadas.

É sempre um prazer aturar-te. Porque cada pedaço do que és... é especial! É diferente!

Então e nas Olimpíadas? Recordo o teu ar de miúdo quando viste uma bola no chão do quarto e a festa que fizeste com a mesma bola. Ou quando te lembraste de ir dar um "passeio" às 4 da manhã. As tuas sempre oportunas piadas durante os jantares no teu quarto, a emoção com que vivemos o grande derby (e o meu clube merecia ganhar!) ou quando te esquecias de dizer Uno a jogar às cartas...

E perante todas essas recordações... sorrio! É inevitável! Mesmo depois das barbaridades que tive de ouvir acerca dos "nossos amigos", durante todas as Olimpíadas. Um por causa dos fungos, outro por causa do tamanho. O que tu implicaste com eles.

Tudo isso és tu...

Posso afirmar que já te conheço o suficiente para que certas reacções, certos olhares, certos comportamentos se tornem previsíveis e decifráveis. Mas espero conhecer sempre mais, descobrir-te a cada dia, compreender-te em cada momento.

És um óptimo amigo. Preocupado, sincero, meigo, doce, brincalhão... já reparaste que quando estou contigo estou sempre a rir? Quando estou triste consegues roubar-me um sorriso, se estou irritada acalmas-me, ... Também adoro quando te atrapalhas e não sabes como sair do novelo que criaste. No teu olhar encontro o conforto, a alegria e compreensão de que muitas vezes preciso.

Parabéns por tudo o que és, mas sobretudo obrigada!

Desejo-te tudo o que tu próprio desejas: sempre o melhor que o mundo tiver para te dar. E sei que serás sempre capaz de alcançar os teus objectivos, com mérito e sucesso.

Claro que continuarei por perto para te lembrar as datas dos testes, avisar dos dias em que não há aulas e, tu sabes, para muito mais que isso. Estarei sempre aqui para tudo o que precisares. Nunca hesites em procurar-me.

Hoje somos colegas e amigos de curso, amanhã seremos certamente colegas de muitas vitórias, muitas realizações e, por fim, colegas de carreira.

Já sabes que não te quero perder nunca de vista para poder constatar, não o teu sucesso (do qual não duvido), mas as tuas semelhanças com o Clooney ou mesmo com o Hugh Laurie (e disso já duvido um pouco, apesar das tuas certezas).

A curto prazo, desejo-te um óptimo dia de aniversário, com muitas boas surpresas, muita diversão e alegria e espero apenas ver-te na segunda-feira, quem sabe se sem caracóis (e sinceramente espero que os mantenhas), para continuarmos a percorrer a longa e rica caminhada que nos levará, esperamos nós, à realização pessoal e à felicidade.

 

 

 

"Para que percorres inutilmente o céu inteiro

à procura da tua estrela? Põe-na lá."

Vergílio Ferreira

publicado por Vânia Caldeira às 00:15
sinto-me:
tags:

05
Abr 07

 

PARABÉNS PARA MIM NESTE DIA TÃO ESPECIAL!!!

publicado por Vânia Caldeira às 22:51
sinto-me:

03
Abr 07

 

Hoje estás de parabéns! Contas agora 22 aninhos. Lembras-te de há uns tempos me teres pedido que te descrevesse? Não fui capaz. Não encontrei as palavras certas, que construíssem as frases adequadas...

Hoje, ao tentar descrever-te, tudo parece mais fácil. És uma pessoa extremamente activa, determinado nos objectivos a que te propões e farás sempre tudo para alcançar essas metas.

Combinas a sensatez e ponderação de certos momentos, à loucura e espontaneidade de outros... É isso que adoro em ti! Quando penso que te conheço (e posso dizer que já conheço alguns traços tão característicos), és sempre capaz de me surpreender.

E depois és um bom amigo, dás-me a certeza de estar sempre aí para o que eu precisar. Quando estou contigo é impossível evitar uma gargalhada, ou pelo menos um sincero sorriso. Tens sempre histórias para contar, qualquer coisa para ensinar. És extremamente atento às pessoas que te rodeiam e és dotado de uma sensibilidade inigualável para as compreender. Sem que eu te diga, percebes se estou feliz ou se estou chateada... E o teu olhar dá-me sempre um conforto de compreensão e amizade.

Por vezes escondes-te no teu mundo, nas tuas coisas, nos teus problemas... E tentas disfarçar, fingir que estás bem quando, na realidade, não estás... Mas também és transparente (quanto baste) para se perceber que o dia não foi lá muito bom, ou que as coisas não te correm bem. Espero que saibas que podes sempre contar comigo, deixar o disfarce e perder o medo de te dares verdadeiramente aos outros, de confiares. Tu sabes melhor do que ninguém, que no nosso curso muitas vezes falta-nos o tempo. O tempo para mostrarmos o nosso apoio, a nossa amizade. Apesar disso, espero que nunca te esqueças de que sempre que precisares, estou aqui.

Poderia também dizer que és um magnífico aluno de 5.º ano e que sei que serás um óptimo médico. Mas isso não é novidade...

Quando penso em ti é inevitável recordar-te a fumar à porta do Egas durante as nossas conversas, ou o teu ar de cansado a estudar horas e horas na sala de auto-aprendizagem. Recordo quando passas por nós nos corredores, sempre atarefado, ou quando nos visitas na aula de Anatomia (como monitor popular) e deixas no ar o doce aroma do teu perfume.

És um misto de alegria e responsabilidade, descontracção e sensatez. Por tudo isto, muito obrigada. E, por convenção, porque hoje é dia 3: Muitos Parabéns!

 

"Olho para as pessoas e acho que elas sabem tudo o que estou a pensar, o que estou a sentir... sou um saco transparente... e lá dentro ponho aquilo que quero esconder... mas infelizmente não sou opaco.", Pedro Azevedo in Espaços (http://pedrocazevedo.blogspot.com/)

publicado por Vânia Caldeira às 10:00
sinto-me:
tags:

28
Jan 07

Non dimentico questo dia... perché oggi é il tuo compleanno... Auguri, Diego, dolce forestiero!

publicado por Vânia Caldeira às 18:24
tags:

20
Jan 07

 

Este é o post nº100... Deve ser motivo de comemoração... Entrei nesta aventura bloguística em Maio do passado ano e tem sido excepcional, surpreendente, refrescante... Porque é um blog meu, em que posso escrever o que me apetecer, certo ou errado, sem ter de prestar justificações. Posso escrever sobre mim, a minha vida, os meus amigos, ou posso simplesmente inventar o que escrevo. Posso opinar relativamente a um tema, copiar a letra de uma música ou transcrever um poema ou um excerto de um livro.... Posso dizer tudo ou não dizer nada... Posso escrever quase todos os dias, ou quase nunca... simplesmente quando me apetece.

É por tudo isto que vale a pena continuar a escrever...

Do mundo dos blogs, cumprimentos a todos os que gostam de ler o meu

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 21:08

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO