Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

07
Abr 08


Cada coisa tem o seu cheiro característico, indelével aroma que a percorre, que a transforma e a torna nessa mesma coisa.
As casas têm cheiros. Não me refiro ao aroma de lavanda de determinada vela ou ao resultado da queima de incensos. Nem tão pouco me refiro aos cheiros a comida que preenchem uma cozinha ou ao perfume de determinado quarto. Um aroma que vai muito além disso e faz parte da própria casa. Noto isso na casa das pessoas que mais importantes são para mim. Há qualquer coisa de conhecido, que nos desperta a atenção, ao fim de muitos anos a frequentar essa casa.
Os livros também nos presenteiam com o seu próprio cheiro. Adoro aqueles livros com a herança dos anos traduzida nas folhas amareladas e no típico cheiro a "antigo".
É impressionante a forma como a nossa memória, esse mecanismo magnífico e que representa, no fundo, toda a nossa vida e a experiência que temos dela, consegue associar esses cheiros, esses aromas a essas casas, esses livros ou, até mesmo, a determinados acontecimentos ou pessoas. Sim, as pessoas também têm cheiros característicos. Sou muitíssimo sensível a esses aromas próprios de cada um e várias vezes já me aconteceu prever a chegada de alguém, pela precoce chegada desse aroma ao meu sentido olfactivo.
O teu aroma, o cheiro da tua pele... desperta-me todos os sentidos. Recorda-me o doce sabor da tua boca, o suave toque das tuas mãos, o agradável timbre da tua voz... Impele o meu olhar a querer perder-se na profundidade do teu. Porquê? Não sei. Apenas sei que és especial.
publicado por Vânia Caldeira às 10:21
tags: ,

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
18

20
23
24
25
26

29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO