Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

03
Abr 07

 

Hoje estás de parabéns! Contas agora 22 aninhos. Lembras-te de há uns tempos me teres pedido que te descrevesse? Não fui capaz. Não encontrei as palavras certas, que construíssem as frases adequadas...

Hoje, ao tentar descrever-te, tudo parece mais fácil. És uma pessoa extremamente activa, determinado nos objectivos a que te propões e farás sempre tudo para alcançar essas metas.

Combinas a sensatez e ponderação de certos momentos, à loucura e espontaneidade de outros... É isso que adoro em ti! Quando penso que te conheço (e posso dizer que já conheço alguns traços tão característicos), és sempre capaz de me surpreender.

E depois és um bom amigo, dás-me a certeza de estar sempre aí para o que eu precisar. Quando estou contigo é impossível evitar uma gargalhada, ou pelo menos um sincero sorriso. Tens sempre histórias para contar, qualquer coisa para ensinar. És extremamente atento às pessoas que te rodeiam e és dotado de uma sensibilidade inigualável para as compreender. Sem que eu te diga, percebes se estou feliz ou se estou chateada... E o teu olhar dá-me sempre um conforto de compreensão e amizade.

Por vezes escondes-te no teu mundo, nas tuas coisas, nos teus problemas... E tentas disfarçar, fingir que estás bem quando, na realidade, não estás... Mas também és transparente (quanto baste) para se perceber que o dia não foi lá muito bom, ou que as coisas não te correm bem. Espero que saibas que podes sempre contar comigo, deixar o disfarce e perder o medo de te dares verdadeiramente aos outros, de confiares. Tu sabes melhor do que ninguém, que no nosso curso muitas vezes falta-nos o tempo. O tempo para mostrarmos o nosso apoio, a nossa amizade. Apesar disso, espero que nunca te esqueças de que sempre que precisares, estou aqui.

Poderia também dizer que és um magnífico aluno de 5.º ano e que sei que serás um óptimo médico. Mas isso não é novidade...

Quando penso em ti é inevitável recordar-te a fumar à porta do Egas durante as nossas conversas, ou o teu ar de cansado a estudar horas e horas na sala de auto-aprendizagem. Recordo quando passas por nós nos corredores, sempre atarefado, ou quando nos visitas na aula de Anatomia (como monitor popular) e deixas no ar o doce aroma do teu perfume.

És um misto de alegria e responsabilidade, descontracção e sensatez. Por tudo isto, muito obrigada. E, por convenção, porque hoje é dia 3: Muitos Parabéns!

 

"Olho para as pessoas e acho que elas sabem tudo o que estou a pensar, o que estou a sentir... sou um saco transparente... e lá dentro ponho aquilo que quero esconder... mas infelizmente não sou opaco.", Pedro Azevedo in Espaços (http://pedrocazevedo.blogspot.com/)

publicado por Vânia Caldeira às 10:00
sinto-me:
tags:

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
24
25
27
28

29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO