Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

14
Mar 07

Finalmente o merecido prémio... António Lobo Antunes foi o vencedor do Prémio Camões 2007. Um escritor fenomenal e transcendente, cujas palavras nos reportam para novas perspectivas dum mesmo mundo. Vale sem dúvida a pena ler Lobo Antunes. A quem não leu, não percam a magnífica oportunidade!

"Quantos anos tenho? , interrogou-se ele procedendo à periódica verificação de si próprio que lhe permitia um entendimento precário com a realidade exterior, substância viscosa em que os seus passos se afundavam, perplexos, sem destino. As filhas, o bilhete de identidade e o lugar no hospital ancoravam-no ainda ao quotidiano mas por tão finos fios que prosseguia pairando, sementinha peluda de sopro em sopro, a hesitar. Desde que se separara da mulher, perdera lastro e sentido (...). Ultimamente observando-se ao espelho, achava que as próprias feições se desabitavam, as pregas do sorriso davam lugar às rugas do desencorajamento. No seu rosto havia cada vez mais testa (...). E desejou rapidamente retornar à linha de partida, em que as promessas de vitória são não apenas permitidas mas obrigatoriamente desejáveis: o campo dos projectos que se não realizam nunca era um pouco a sua pátria, o seu bairro, a casa de que conhecia de cor os mínimos recantos, as cadeiras coxas, os insectos, os cheiros íntimos, as tábuas que estalavam."

António Lobo Antunes in Memória de Elefante

publicado por Vânia Caldeira às 21:55
sinto-me:

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
15
16
17

18
20
22
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO