Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

22
Ago 06

Os Cinco Sentidos

São belas - bem o sei, essas estrelas,

Mil cores - divinais têm essas flores;

Mas eu não tenho, amor, olhos para elas:

Em toda a natureza

Não vejo outra beleza

Senão a ti - a ti!

Divina - ai! sim, será a voz que afina

Saudosa - na ramagem densa, umbrosa.

será; mas eu do rouxinol que trina

Não oiço a melodia,

Nem sinto outra harmonia

Senão a ti - a ti!

Respira - n'aura que entre as flores gira,

Celeste - incenso de perfume agreste,

Sei... não sinto: minha alma não aspira,

Não percebe, não toma

Senão o doce aroma

Que vem de ti - de ti!

Formosos - são os pomos saborosos,

É um mimo - de néctar o racimo:

E eu tenho fome e sede... sequiosos,

Famintos meus desejos

Estão... mas é de beijos,

É só de ti - de ti!

Macia - deve a relva luzidia

Do leito - ser por certo em que me deito.

Mas quem, ao pé de ti, quem poderia

Sentir outras carícias,

Tocar noutras delícias

Senão em ti! - em ti!

A ti! ai, a ti só os meus sentidos

Todos num confundidos,

Sentem, ouvem, respiram;

Em ti, por ti deliram.

Em ti a minha sorte,

A minha vida em ti;

E quando venha a morte,

Será morrer por ti.

Almeida Garrett

publicado por Vânia Caldeira às 13:50
sinto-me:
música: Folhas Caídas, Almeida Garrett
tags:

Enquanto as Gameboxs continuam a ser vendidas a um ritmo alucinante, o Sporting teve ontem casa cheia... Cheia de leões, cheia de garra, de emoção, de brilho, de festa... para comemorar uma garra centenária. A nossa!

 Os jogadores foram sendo apresentados um a um e tendo aplausos proporcionais ao carinho dos adeptos e ao que têm feito pelo clube. Perante isto, claro que as maiores ovações couberam ao nosso querido Liedson, ao miúdo João Moutinho e ao herói (novo nº 1) Ricardo. Desfilaram um a um, juntamente com os seus respectivos filhos (outro dos pormenores que deu ainda mais magia à noite). No final, formaram um círculo de estrelas que compunha então a GARRA CENTENÁRIA.

Foram cantados os parabéns por Filipe Gonçalves, o meiguinho leão da Operação Triunfo. Passaram as imagens dos nossos vitoriosos atletas: Obikwelu - medalhas de ouro nos 100 e 200 metros e Naide Gomes que ganhou uma medalha de prata o triplo salto em comprimento.

E, por fim, o ansiado momento mais ansiado da noite: a homenagem a Luís Figo! Depois de imensamente ovacionado, durante longos minutos, e de haver mesmo uma camisola gigante de riscas verdes com o nº 7 e a inscrição "Figo" na claque da JuveLeo, o jogador do InterMilão, sustentando um cachecol do centenário ao pescoço, agradeceu todo o apoio, referindo-se ao Sporting como o eterno "clube do meu coração" e afirmando, com convicção, que estará sempre com os leões e que acredita no clube.

Mais tarde, durante o decorrer do jogo, aquando da substituição do mesmo, Luís Figo voltou a ser intensamente aplaudido com os adeptos leoninos de pé, mais uma vez, em homenagem ao assumido leão. Uma vez acabado de se sentar no banco, o público gritou por ele: "E salta Figo, e salta Figo, olé, olé!" Não se fazendo rogado, e mostrando humildade e agradecimento, ele saltou mesmo com os leões, o que fez intensificar o aplauso e a euforia leonina!!!

Foi um bom jogo, um verdadeiro jogo de centenário, com oportunidades para ambos os lados. Na primeira parte jogámos com o tradicional equipamento verde e branco, apesar dasinovações introduzidas, na segunda com o novo equipamento amarelo e verde, que se enquadra muito bem nos tons do nosso estádio.

Foi um jogo calmo... com a única excepção da expulsão de Materazzi. Apesar do empate e da ausência de golos, o jogo não deixou ninguém triste pois es exibições foram bastante elevadas em termos de genialidade. No final, houve a exibição do nosso excepcional vídeo de promoção das Gamebox (Garra Centenário) e um espectáculo de pirotecnia para acabar em grande este jogo, marco dos 100 anos de um grande clube.

O próximo jogo é sábado às 21h15, no qual o Sporting recebe o Boavista em Alvalade. Até lá...

Saudações leoninas

Sporting 100

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 13:18
sinto-me:

20
Ago 06
"Would you know my name
If I saw you in heaven?
Would you feel the same
If I saw you in heaven?
I must be strong and carry on
cause I know I dont belong here in heaven...

Would you hold my hand
If I saw you in heaven?
Would you help me stand
If I saw you in heaven?
Ill find my way through night and day
cause I know I just cant stay here in heaven...

Time can bring you down, time can bend your knees
Time can break your heart, have you begging please...begging please

Beyond the door theres peace Im sure
And I know therell be no more tears in heaven...

Would you know my name
If I saw you in heaven?
Would you feel the same
If I saw you in heaven?
I must be strong and carry on
cause I know I dont belong here in heaven..."
publicado por Vânia Caldeira às 10:53
tags:

18
Ago 06

O tabaco tem dado que falar nos últimos tempos. Pessoalmente, não sou fumadora e sou a primeira a defender que deve ser proibido fumar em locais públicos, já que isto compromete a saúde dos que optam por não fumar...

No entanto, e apesar da aparente genialidade na propsta desta nova lei, não nos podemos deixar enganar: estamos num país que é diferente de todos os outros, numa autêntica república das bananas.

Afinal no nosso país a lei é ambígua, podendo os proprietários destes locais públicos optar pela proibição ou não dos fumadores no seu espaço... Será difícil de compreender que, nesse caso, se está a garantir a total ineficácia da proposta? Siml porque nenhum proprietário (por muito que concorde com a medida - e eu sei do que falo!!!) ganha alguma coisa em ir contra a vontade de grande parte dos clientes.

Afinal no nosso país... ao mesmo tempo que se garante a ineficácia da nova lei... garante-se também uma nova forma de descriminação (como se elas faltassem no país)... Sim, porque segundo o que tem sido comentado nos últimos tempos... os patrões poderão escolher os futuros empregados, mediante sejam ou não fumadores... Ridículo, não?

Quanto a mim tudo seria muito mais fácil se a lei fosse escrita de uma vez por todas, proibindo fumar em todos os locais públicos (sem excepção ou hipótese de escolha dos proprietários, para evitar desigualdades),  e, claro, dando a possibilidade, aos eventuais patrões de, apenas, proibirem ou não que os empregados fumem nas suas instalações... Se fumam ou não fora dali não é problema deles.

Mas afinal eu sou uma não-fumadora... E este é um país assim...

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 17:43
sinto-me:
tags:

14
Ago 06

Filipe Rodrigues da Silva

A forma como as autoridades britânicas desmantelaram os ataques terroristas previstos para acontecer entre 10 e 11 de Agosto mostra que o mundo - ou pelo menos parte dele - aprendeu alguma coisa com o 11 de Setembro.

Mas, mesmo sem fazer vítimas, o 11 de Agosto que não aconteceu não deixou de fazer estragos. Paralisou o mundo. Limitou-o. Trouxe de novo o medo. A sensação permanente de que algo pode acontecer. O imprevisível.

Essa é afinal a arma dos terroristas.

A isso o mundo deve responder com a lucidez. A crença no quotidiano que deve continuar. Apostando-se cada vez mais na prevenção e menos na reacção. A expressão bélica ocidental trouxe-lhe um fantasma tremendo: o inimigo interno.

Foram mais uma vez os filhos do Velho Continente a estar no centro do plano que explodiria com pelo menos uma dezena de aeronaves. São ingleses aqueles que estiveram na génese dos ataques de Julho do ano passado. São ingleses os que foram detidos agora. Descendem de pais islâmicos. Mas são fruto de uma sociedade que querem atingir. Morrem por essa vontade de mudar. Numa sociedade que dificilmente faria algo por eles. O inimigo está entre nós. É um fantasma ocidental.

in Diário Digital

publicado por Vânia Caldeira às 15:40
tags:

13
Ago 06

"E assumida a sua condição de homem comum reduzido aos raros voos de perdiz de uma poesia ocasional, sem a corcunda da imortalidade agarrada às costas, sentia-se livre para sofrer sem originalidade e dispensado de rodear os seus silêncios da muralha da taciturna inteligência que associava ao génio."

in Memória de Elefante

António Lobo Antunes

publicado por Vânia Caldeira às 18:11
sinto-me:
tags:

11
Ago 06
publicado por Vânia Caldeira às 17:45

Uma coisa é certa: o Sporting é o campeão absoluto desta pré-temporada.

Ontem, além do fantástico e empolgante jogo, cheio de vontade de ganhar, o Sporting deu uma goleada. Três golos sem resposta da equipa anfitriã.

O troféu era grande, mas não o suficiente para a exibição. E pesado... Mas não teve o peso desta óptima pré-época no orgulho leonino. Além do mais, deu-nos a possibilidade de conhecer o equipamento alternativo, muito original.

3-0 foi o resultado final de uma grandiosa exibição com a estreia na goleada de Farnerud (o belo sueco, que afinal não é como o Pinilla, ontem rei e senhor de uma exibição genial), um golo de Ronny e ainda outro do inevitável Liedson (sempre ao melhor nível). Bueno foi o único a destoar do contexto. Miguel Veloso foi, sem dúvida, uma verdadeira vevelação... Ou melhor, mais uma! Mais um dos brilhantes jogadores formados na escola do Sporting e, certamente, um dos melhores jogadores de ontem.

Bela e pesada taça, representando, talvez, a caravela de Cristóvão Colombo... Agora os descobridores do novo mundo somos nós!!!

Cumprimentos sportinguistas

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 13:56

10
Ago 06

O Sporting garantiu um lugar na final do “Troféu Colombino” ao vencer o Sevilha por 4-2 no Estádio Nuevo Colombino, em Huelva (Espanha).  A equipa anfitriã, o Recreativo de Huelva, vai ser o próximo adversário dos “leões” pois venceu, no primeiro dia do torneio, o Bolton, por 3-2.

Sevilha entrou em campo de forma organizada e com um maior pendor ofensivo, o que permitiu a chegada ao golo, logo aos oito minutos, num lance em que Kanoute cabeceou na pequena área, após centro de Adriano.

Por seu turno, os “leões” tiveram dificuldades em impor o seu futebol no decorrer da primeira parte. O melhor lance acabou por acontecer aos 44 minutos, quando Liedson levantou a bola sobre o guarda-redes espanhol mas, na dobra, o defesa do Sevilha acabou por ficar com a bola em seu poder. 

Paulo Bento fez a primeira alteração ao intervalo, trocando Caneira por Tello, já que o primeiro ainda não se encontrava na sua melhor performance, pois começou os trabalhos mais tarde que os restantes elementos do grupo. Na primeira parte, o Sporting foi claramente uma equipa apagada.

O intervalo terá feito muito bem aos “leões” que reentraram no jogo mais participativos em termos atacantes. Aos 46 minutos, João Moutinho igualou o resultado, após passe de Nani. Aos 50 minutos, Liedson acabou por colocar o Sporting em vantagem, aproveitando muito bem um erro defensivo do Sevilha, rematando ao poste mais distante.

O Sevilha procurou virar o resultado e, aos 63 minutos, num lance que nasceu num livre, Kanoute conseguiu marcar. Mas, a festa sevilhana durou pouco tempo, já que os “leões” colocaram as garras de fora e, aos 68 minutos, num lance em que Miguel Garcia foi derrubado na grande área por Maresca, o Sporting faz o 3-2. No lance Liedson apontou a grande penalidade, mas Palop defendeu e na recarga o “levezinho” fez o gosto ao pé. Cinco minutos volvidos, o Sporting dilatou a vantagem, com Nani a fazer o passe para Yannick Djaló marcar. Um resultado muito de acordo com a exibição leonina da segunda parte de jogo.

O resultado acabou por desconcentrar a equipa do Sevilha que num comportamento completamente anti-desportivo acabou a partida reduzida a nove elementos. Kanoute e Puerta foram os jogadores que viram o cartão vermelho.

Sabendo que nunca nenhuma equipa portuguesa venceu este Torneio, o Sporting habilita-se a trazer o troféu para casa. A final será disputada frente ao Recreativo de Huelva, pelas 21 horas de hoje.                                                     (adaptado do site oficial do Sporting)

Com sorte e perícia, será a segunda taça num torneio de pré-época para o nosso clube.

Aproveito para dizer que as GameBox's têm estado a ser vendidas a um ritmo alucinante... Os leões estão todos a acreditarem que desta vez... o final é feliz!!!

E não se esqueçam que o jogo de apresentação é na segunda-feira dia 21 de Agosto contra O Inter de Milão...

Saudações leoninas

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 13:26
sinto-me:

08
Ago 06

"JUNTO-ME AOS HERÓIS QUE DEFENDERAM AS NOSSAS CORES, HONRO A BRAVURA DOS MUITOS QUE ACREDITAM, LUTO PELA FÉ E VEJO APENAS A VITÓRIA. SOU PLENO ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA...

VENHA QUEM VIER!"

  

publicado por Vânia Caldeira às 19:07

Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
16
17
19

21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO