Para sonhadores... Deixem-se levar... O blog mudou de cores, mas os sonhos são os mesmos...

18
Ago 06

O tabaco tem dado que falar nos últimos tempos. Pessoalmente, não sou fumadora e sou a primeira a defender que deve ser proibido fumar em locais públicos, já que isto compromete a saúde dos que optam por não fumar...

No entanto, e apesar da aparente genialidade na propsta desta nova lei, não nos podemos deixar enganar: estamos num país que é diferente de todos os outros, numa autêntica república das bananas.

Afinal no nosso país a lei é ambígua, podendo os proprietários destes locais públicos optar pela proibição ou não dos fumadores no seu espaço... Será difícil de compreender que, nesse caso, se está a garantir a total ineficácia da proposta? Siml porque nenhum proprietário (por muito que concorde com a medida - e eu sei do que falo!!!) ganha alguma coisa em ir contra a vontade de grande parte dos clientes.

Afinal no nosso país... ao mesmo tempo que se garante a ineficácia da nova lei... garante-se também uma nova forma de descriminação (como se elas faltassem no país)... Sim, porque segundo o que tem sido comentado nos últimos tempos... os patrões poderão escolher os futuros empregados, mediante sejam ou não fumadores... Ridículo, não?

Quanto a mim tudo seria muito mais fácil se a lei fosse escrita de uma vez por todas, proibindo fumar em todos os locais públicos (sem excepção ou hipótese de escolha dos proprietários, para evitar desigualdades),  e, claro, dando a possibilidade, aos eventuais patrões de, apenas, proibirem ou não que os empregados fumem nas suas instalações... Se fumam ou não fora dali não é problema deles.

Mas afinal eu sou uma não-fumadora... E este é um país assim...

Vânia Caldeira

publicado por Vânia Caldeira às 17:43
sinto-me:
tags:

"It's not a war on drugs... It's a war on personal freedom."
André a 19 de Agosto de 2006 às 18:33

Olá, Vânia!

O Chile é o país do mundo com o maior consumo de tabaco entre as mulheres, segundo dados de 2007 da Organização Mundial de Saúde (OMS). Pelo menos 37% das chilenas fumam – uma porcentagem que está aumentando – e as razões para isso vão desde as que consideram um “direito” e uma igualdade de gênero até motivos mais emocionais. Em segundo lugar vem Portugal com pelo menos 35% das mulheres fumantes e praticamente pelas mesmas razões. O terceiro país do mundo com o maior consumo de tabaco entre as mulheres é a França, porém, segundo a mesma fonte, por razões diferentes das precedentes. As francesas declaram fumar por prazer, além de considerarem um "direito político" de o fazerem.

È lamentável que, apesar do reconhecido prejuízo que o tabaco porta à saúde das pessoas e dos esforços das organizações sanitárias junto aos governos, uma grande parte da população continue surda aos riscos do tabagismo e a suicidarem-se lentamente. A OMS designa as mulheres da India como as que menos fumam tabaco no mundo, ou seja, somente 6% delas. Um exemplo que poderia ser seguido pelas mulheres das chamadas "sociedades modernas".

Beijinhos.
Leila a 6 de Março de 2008 às 14:58

Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
16
17
19

21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO